domingo, 31 de março de 2013

Hipótese de vida fora da terra é levada a sério



Estudioso do tema há cinco décadas, o astrônomo Jorge Ducati, professor do departamento de Astronomia da UFRGS, afirma que, embora não seja possível afirmar se haverá confirmação nos próximos anos, pesquisas recentes têm levantado evidências de que há, sim, vida fora da Terra:
– Se (a vida extraterrestre) será descoberta, não sabemos. Eu não apostaria meu dinheiro nisso, mas a previsão é factível.
Segundo Ducati, a partir de dados recentes, a comunidade internacional "começa a perceber que as possibilidades de encontrar vida fora da Terra são muito grandes".
– Cada vez descobrem-se mais moléculas e enzimas. Começa a ficar evidente que a organização da matéria é algo que acontece. Se agora estão sendo descobertas moléculas organizadas em cadeias muito longas, pode ser a evidência de que, mais adiante, serão descobertas moléculas indicadoras da vida, semelhantes ao DNA.
Ducati explica que a descoberta de planetas fora do Sistema Solar amplia as chances de que a humanidade não esteja sozinha no Universo:
– A previsão é de que, com o avanço tecnológico, sejam descobertos planetas com condições ambientais semelhantes às do nosso.
Embora acredite na possibilidade de vida extraterrena, o professor da UFRGS vê com ceticismo casos de supostas aparições de objetos voadores e seres de outros planetas. Entre os episódios mais conhecidos, estão os casos Roswell (suposto disco voador caído na localidade de mesmo nome, no Novo México, EUA, em 1947) e Varginha (extraterrestres que teriam sido capturados no Brasil em 1996, em Minas Gerais).

Inauguração do Fórum Portal Atlantis

Hoje o Portal Atlantis inaugura um novo projeto. é o nosso fórum. Ele ainda está na fase Beta, estamos no começo então queremos convidar vocês, caros leitores, a entraram lá e interagirem com outros leitores de nosso site. Lá você poderá deixar seus relatos e compartilhar oque quiser com outras pessoas interessadas em ler oque você tem a dizer.


sábado, 30 de março de 2013

Gravação de áudio revela detalhes sobre caso roswell


alien thumb Gravação revela detalhes sobre o Incidente de Roswell

Uma fita revela uma gravação de um agente já falecido que estava altamente envolvido no incidente de Roswell.
O tenente-coronel e diretor de imprensa Walter Haut fez manchetes quando ele assinou uma declaração autenticada, em 2002, para confirmar seu total conhecimento dos acontecimentos que tiveram lugar em Roswell, Novo México, em 1947.
Quatro anos antes, no entanto, ele tinha gravado uma fita de áudio detalhando diversos aspectos do incidente, incluindo a queda de uma nave extraterrestre e a recuperação do corpo do ocupante.
A fita foi mantida em sigilo na época porque Haut não queria que ela fosse lançada  até depois de sua morte. A gravação é de uma entrevista entre Haut e Connors Wendy, pesquisador pioneiro do Novo México.
"Lembro que havia um corpo entre os destroços", declarou Haut durante a entrevista. "Era um corpo relativamente pequeno, comparável com uma criança de 10 ou 11 anos de idade."
Ele também descreveu ter visto os destroços do acidente armazenado em um hangar da base militar dos EUA.
O incidente de Roswell certamente é o mais impressionante da história da ufologia até hoje. e o mais incrivel é que já tivemos sua confirmação pelo FBI conforme foi postado aqui no Portal Atlantis (clique aqui para ver a publicação)
Por David Mattos, Portal Atlantis.

sexta-feira, 29 de março de 2013

Deuses ou alienígenas mal interpretados?



Você já parou pra pensar que em quase todas as religiões e crenças, ouvimos falar de seres que desceram dos céus para nos ajudar ou para nos ensinar algo? Isso já é padrão em todas elas. Mas porque dos céus? Hoje em dia se ouvirmos histórias de seres descendo dos céus vamos pensar oque? em Ufos e extraterrestres obviamente, porém na antiguidade não se tinha esse discernimento que temos hoje. Imagine que você vive em 1.000 a.C e vê algo sobrevoando sua cabeça (lembre-se que você nem imagina que a palavra tecnologia poderia existir, imagina tecnologia em si) você nunca viu algo voando, apenas pássaros, esses seres vem e falam com você, lhe passam conhecimento, curam os feridos de seu vilarejo com algo super tecnológico e depois vão embora. você pensaria:"Uau, eles devem ser Deuses!" ou seja, eles usavam termos aceitáveis para eles, como Deuses para explicar algo que não conseguiam compreender.
Eu já li a Biblia e vários outros textos (inclusive os Apócrifos) e notei que todos eles falam de "Deuses" vindos dos céus em carruagens voadoras, e alguns deles tem asas (que são os anjos) e sempre quando alguém testemunhava isso ouvia muito barulho, fumaça, as vezes o chão tremia. e pensei comigo mesmo: "Minha nossa, um Deus não causaria tudo isso, Deuses são seres espirituais, eles poderiam simplesmente se teletransportar para a terra ou algo do tipo, não precisariam de carruagens e veículos voadores. isso é um absurdo!" Foi quando notei que esses textos antigos precisavam apenas de uma interpretação moderna, do nosso ponto de vista. não poderíamos nos prender a traduções antigas de pessoas que apenas tentavam achar um modo razoável (pra época deles) do que estavam presenciando.

Desde os tempos das cavernas temos desenhos em pedras (petróglifos) em que podemos ver claramente alienígenas e seres com trajes espaciais. segue algumas fotos tiradas do interior das cavernas.









Essas são pinturas extremamente antigas que fazem alusão a seres extraterrestres, na última foto podemos ver um ser usando oque parece ser um capacete.
E isso continua na primeira civilização humana de que se tem registro, os Sumérios. A cultura suméria fala (Segundo traduções de Zecharia Sitchin) em seres gigantes, que vieram á terra para minerar ouro que estava faltando em sua atmosfera, a lenda fala que eles são nativos de um planeta que faz parte de nosso sistema solar, denominado Nibiru. Esses gigantes chegaram á terra e viram que iriam precisar de ajuda para minerar o ouro, viram o homem primitivo e pensaram: "Eles não são muito inteligentes e não vão nos obedecer, talvez possamos misturar nosso material genético com o deles e criar escravos!" é claro que para uma civilização avançada o bastante para viajar pelo sistema solar poderia facilmente alterar o material genético de qualquer ser. Essa alteração, resultou na criação do Homo Sapiens. ou seja, nós. 
É claro que não temos certeza se as traduções de Zecharia Sitchin estão corretas, mas não deixa de ser intrigante.


Aqui vemos a representação de um annunaki, onde ele parece estar usando um dispositivo ou um relógio de pulso.

Mas o mais intrigante dos povos são os Maias. eles são uma incógnita total. eles tinham alto conhecimento astronômico, e se acredita que tiveram contato direto com extraterrestres. 
Veja alguns artefatos encontrados: 



Representação clara de um astronauta moderno.




Essa é uma das mais impressionantes na minha opinião. segundo lendas ela representa o rei Pakal em uma de suas viagens ao sub-mundo. Será? se olharmos atentamente vamos ver que isso se parece muito com um foguete moderno, podemos ver que ele está operando alguns controles, vemos os chama na traseira do "foguete" , também podemos ver um possível tubo para respirar em seu nariz. é uma grande representação extraterrestre. e termino esta postagem, trazendo uma comparação do Pakal em seu foguete, com um foguete atual.




Por David Mattos, Portal Atlantis

quinta-feira, 28 de março de 2013

Oque seria isso em marte?

Algo estranho foi fotografado pela sonda mars rover, vejam:


Clique aqui para ver a foto no site oficial da NASA

Alguns estão dizendo que é um ser extraterrestre ou até mesmo um anjo.
Não creio que seja um ser extraterrestre em si, mas pode ser uma edição feita pela NASA de algo que estava ali e que eles não queriam que fosse visto. Porém se eles não quisessem que algo fosse visto eles poderiam simplesmente não publicar a foto. Não é mesmo? mesmo assim a imagem não deixa de ser impressionante e de atrair nossa imaginação. Oque vocês acham que pode ser? Deixem suas opiniões nos comentários.

Por David Mattos, Portal Atlantis.

Fonte

quarta-feira, 27 de março de 2013

Inscrições em fotos tiradas no topo das pirâmides do egito?

Recentemente alguns russos malucos escalaram ilegalmente as pirâmides do egito e tiraram belas fotos. Fui avisado por alguns leitores de que havia algo estranho no topo das pirâmides, veja: 

original (4)

Algo parecido com escrições nas pedras.

original (5)

Nesta também podemos ver algumas supostas inscrições.

Eu sinceramente acho que isso deve ser obra de vandalismo moderno, pois muitas pessoas (como esses russos) devem subir ilegalmente lá em cima. Porém vândalos teriam que levar materiais especiais para fazer essas inscrições nas pedras, pois não conseguiriam fazer, por exemplo, com gravetos ou facas de cozinha. ou seja, eles teriam que subir lá pensando em fazer isso.
Não sou daqueles que tem a necessidade de acreditar, porém, tenho a necessidade de lhes mostrar qualquer evidência que talvez possa ser encontrada. 

Por David Mattos, Portal Atlantis


Documentário sobre as Linhas de Nazca

Documentário do History Channel sobre as famosas linhas de Nazca que são geoglifos antigos e impressionantes, veja:





terça-feira, 26 de março de 2013

Ovnis e Extraterrestres na antiguidade


muitos acreditam que os OVNIs são fenômenos que começaram a surgir logo depois da primeira aparição pública em Roswell , no Novo México. quando prováveis restos mortais e peças de naves forma escondidas no hangar da Aréa 51 ( uma base militar americana no deserto de Nevada). Mas a verdade é que desde os tempos pré históricos, antigos e até bíblicos, que temos relatos impressionantes de navese seres de luz que visitaram nosso planeta em tempos remotos.
primeiro de tudo temos que fazer uma buscas pelas religiões antigas e entrar no livro Gênese da Bíblia: 

(Génesis) : “..Entrementes os homens haviam se multiplicado na terra e lhes tinham nascido filhas. Os filhos de Deus vendo a beleza das filhas dos homens tomaram por esposas aquelas que mais lhes agradaram... [ mais adiante..] ..” e havia naquele tempo gigantes sobre a terra e houve-os também depois que os filhos de Deus se uniram às filhas dos homens e destas nasceram filhos, são estes os heróis famosos desde o tempo antigo..”  Se deixarmos de lado o fato mitológico e buscarmos o fato de que estes seres podiam ter uma tecnologia de engenharia genética que fizeram do homem sua imagem e semelhança como diz na Bíblia, veremos que isso é possivel sim pois hoje em dia nossos laboratórios estão repletos de experiências genéticas bem sucedidas.
pintura da capela Sistina - Acriação de Adão - Michelangelo
Notem bem a distinção entre filhas dos homens e filhos de Deus.! 


Há indícios da presença de extraterrestres na terra desde 1,5 mil anos AC.. Há relatos escritos dos Sumérios acerca disso. 
-Também nos livros sagrados de Dzyan conta-se que os “pitris” (filhos dos homens celestes) foram os 1ºs na terra, e que os “Reis de luz” ocupavam tronos celestes... 
-O “Nihongi”,Japão, descreve seres divinos que desciam do céu em barcos “celestes” e que se uniram às filhas dos homens. 
-O “Rig Veda”,Índia, narra histórias de seres celestiais que desciam à terra para amar ou guerrear, o mesmo se conta de Ramaiana...Rama voava no seu carro aéreo em busca da esposa Sita. 
-Os índios Hopi, (nos EUA) acreditavam que os seus ancestrais teriam vindo de outros mundos do Cosmo, os Navajo e Sunis veneravam deuses loiros de outros mundos. 
-Os índios Machiguengas do Peru, falavam no povo do céu que veio numa estrela muito brilhante. 
-O “livro dos mortos” do antigo Egipto fala em legiões no céu e de seres brilhantes. 
-Os Dogons (tribo de Àfrica Ocidental; talvez descendentes de um povo egípcio) saíram da Líbia há vários séculos, fixando-se em Mali (África Ocidental) levando consigo as tradições astronómicas que remontam ao Egipto pré-dinastíaco anterior a 3200 A.C., 
- Os ciclopes, Titãns, filhos dos Titãns, gigantes como Orion, Prometeus entre outros da mitologia Grega.

Em 1940 os sacerdotes dogons contaram aos antropólogos Franceses uma tradição oral secreta da tribo, referente a uma estrela Sírius (8,6 anos-luz da Terra).
Eles sabiam que Sírius tem uma estrela companheira , invisível a olho-nu, muito densa, e que gira sobre o seu próprio eixo. (só foi fotografada pelos cientistas em 1970). 

Eles afirmam ainda que uns “Nommos” era seres repugnantes, pisciformes, anfibios, que chegaram numa “arca” e era provenientes de uma 3ª estrela (planeta) orbitando Sírius. 

OS VIMANAS

O Mahabharata, um poema épico da antiga Índia, é mais volumoso do que a Bíblia e tem mais de 5000 anos.
Nele encontram-se descritas histórias intrigantes como a das Vimanas, máquinas voadoras, movidas a mercúrio e forte vento propulsor, que teriam navegado a grandes alturas. Uma tradução de N. Dutt, Inglaterra 1891 é assim: «Por ordem de Rama,o carro maravilhoso subiu com enorme estrondo por uma montanha de nuvens..» [...] «Bhima voou com a sua Vimana num raio imenso, que tinha o clarão do Sol e cujo ruído era como o trovejar de um temporal...» (C.Roy, 1889 ).
No Mahabharata o autor relata factos com grande precisão, relata que uma arma avançada poderia matar todos os guerreiros que usassem metal no corpo, a arma causava o efeito de fazer cair os cabelos e as unhas das mãos e dos pés. 
essas Vimanas, são naves Também de  Procedência Atlante, pois seus condutores tinham as mesmas armas que usavam nas guerras descritas por Platão e outros escritores. Os Atlantes também conheciam a tecnologia antigravitacional, que provavelmente repassaram a matéria prima ou apenas faziam sobrevôos de rotina na ìndia antiga. 


Os livros antigos dizem que o império Intudhama (Hindu) estava em conflito com sua civilização mãe (Atlante ou Azmes ou Gimelius). A guerra e deu pois os Atlantes deixaram a mente AKáshika espiritual, para a mente materialista e racional, se corrompendo com as coisas materiais.

Isso provocou um enfrentamento com os Hinds, que tanto ensinaram e compartilharam seu misticismo com o povo que doou a tecnologia dos VIMANAS  
e muitas outras.

A palavra ATALA (em Sânscrito, terra submersa) se diz de uma olha branca no oceano atlântico.” Atala ficou submersa quando a guerra aconteceu e destruiu sua montanha (Pirâmide Central)”. Na verdade Atála do Hindus é Atlântida. Eles tinham esperança de se ascender novamente na Era de Aquário em 2012.

Mahabharatha (devanágariमहाभारत, transl. Mahābhārata)

Neste livro , e em escrituras atlantes , essas naves chamadas Vailixis ou Vimanas , que tinham tecnologia antigravitacional mais avançada e podiam se deslocar em todas as direções  e também na água, tinham mísseis, raios laser e até bombas atômicas. Falam de naves que voavam através do firmamento , acima dos ventos , que disparavam armas de raios de luz que incineravam tudo ao seu redor.
O Mausola Purva, outro livro hindu, diz de uma arma que brilhava com o poder de 10 mil sóis.

“cuka, a bordo de uma vimana de grande potencia, lançou sobre a cidade um projétil único triplo carregado com todo o poder do universo. Uma coluna incandescente de fumaça e chamas, tão brilhante como o de 10 mil sois, subiu em todo seu explendor...quando o Vimana chegou a terra de volta, parecia um bloco de esplendida de antimônio descansando no chão.”


Alguns templos na ìndia, eram cópias exatas das naves que voavam na época

DEUSES ANTIGOS



Alguns Autores que me canso de relatar, buscam evidências cavando a história da humanidade como Erich Von Daniken, que estudou através de pinturas rupestres, tribos indígenas que criaram uma religião so de ver um dos nossos aviões no céu, que confundiram como "deuses" que desciam do céu. A Partir desse principio ele afirmou que os homens antigos, cultuavam as naves e os OVNIS como deuses vindo dos céus e das estrelas. Zecharia Sitchin, estudou mais a fundo os Sumérios, e descobriu que eles também foram visitador por deuses gigantes que se passaram por reis e voavam através do céu com suas naves. Os filhos de deus, nesse caso eram os NEFELIM, outro grande avanço na Engenharia Genética. Os Anunnakis(seres vindo das estrelas) viriam de um planeta chamado NIBIRU, no qual já mencionei aqui.

O aspecto "divino" desses seres começou à ser atribuído na medida em que seus herdeiros diretos na hierarquia de poder, os faraós do Egito, utilizavam essa condição para legitimar e garantir sua posição no poder, como "filhos dos deuses". 


As sociedades que foram influenciadas diretamente pela Suméria, como as greco-romanas e indo-européias, distorceram a condição dos Anunnaki em relação aos sumérios, passaram a adorá-los como "deuses" e acabaram consolidando o politeísmo.


Divindades de diversos lugares como Zeus, Apollo e Posseidon, na Grécia; Ptah, Ra e Hórus no Egito; Brahma, Vishnu e Shiva, na India ou Odin, Thor e Loki, na Escandinávia eram os mesmos Anunnaki. Isso se baseia no princípio de que os mesmos nomes não são pronunciados em culturas diferentes, Maria para nós é Mary para os americanos.
Note que a estatura dos deuses era muito maior que a dos homens normais.
Os hebreus que repudiavam o politeísmo egípcio e mesopotâmico, manipularam o conceito dos Anunnaki, de outra forma, adotando no singular o termo "elohim"(que é plural = deuses) para se referir à um Deus único.

Sitchin revela que isso ocorreu porque os semitas eram uma nação serviente à ENLIL, o autoritário e vingativo comandante Anunnaki que, se apresentava para os hebreus como Javé (YWHW) e teria formado uma aliança com esse povo, inclusive tendo-os guiado através do deserto, por quarenta anos, em direção à Cashemira, na India.

Que segundo Däniken, seria a verdadeira terra prometida e não a Palestina. Ele afirma que esse longo período no deserto, foi uma experiência feita por ENLIL para garantir a não interferência de outros povos na linhagem genética dos semitas, que eram seus protegidos (enlititas).



o grande astronauta retratado no livro de Däniken
  uma antiga representação do que seria hoje um onibus espacial, encontrado na Colômbia


      

Artefatos milenares do Peru e México comparadas c/ fotos de astronautas e pilotos modernos
Algumas placas sumérias continham um diário de ENKI, que foi traduzido por Sitchin e publicado com o título "O Livro Perdido de ENKI".


Nessas crônicas ele revela que durante o conselho no qual foi decidido que ele deveria criar um híbrido terrestre-alienígena através de engenharia genética, ENLIL protestou duramente, argumentando que os Anunnaki tinham vindo à Terra para mineração e não para "brincar de Deus".


Eles sabiam perfeitamente da existencia do Logos primordial, responsável pela criação e expansão da energia e da matéria que compõe o universo, mas na condição de mestres das ciências, eles não se opuseram a possibilidade de interferir na evolução natural de mundos em formação, como a Terra, no passado, porque o ecossistema de seu planeta natal estava ameaçado e sob a pressão das circunstâncias eles precisavam de mão de obra para a mineração da Terra, como já foi dito antes.

Como ENLIL, sempre rivalizou com ENKI, ele utilizava frequentemente essa polêmica para acirrar suas disputas de poder, mas mesmo assim não deixava de ter uma certa razão ao expor todos os riscos inerentes às experiências de manipulação genética e ao perigo de se interferir na ordem natural das coisas.
A vastidão do universo dá certeza de que a vida é um fenômeno constante em incontáveis mundos, sendo prova irrefutável da existência desse Logos Criador.


E de fato, é interessante pensar na possibilidade de que outros seres tão inteligentes, poderosos e qualificados quanto os Anunnaki, viajem de mundos em mundos, espalhando, modificando ou aperfeiçoando a vida e contribuindo para um propósito cósmico maior.


Certamente que esse assunto incomoda a maioria das pessoas, mas nos tempos atuais, de avançada tecnologia, onde viagens espacias e biogenharia são assuntos correntes na mídia, essa verdade ancestral poderia e deveria ser divulgada.


Esse conhecimento seria fundamental para a preparação da humanidade para a próxima passagem do planeta Nibiru. 


Abaixo temos outra série de relatos registrados por historiadores romanos do passado que são documentos vivos da presença extraterrena:
 

223 a.C. "Em Auriminiun, uma luz brilhante como o dia iluminou a noite; em várias regiões da Itália, três luzes se fizeram visíveis durante a noite." (Dion Cassius, História Romana, livro 1).

222 a.C. "Três luas apareceram também ao mesmo tempo, sob o consulado de Gnaeus e Gaius Faunus." (Plínio, História Natural, livro II, cap. 32).

218 a.C. "Na província de Amiterna, viu-se em vários lugares o aparecimento de homens com vestimentas brancas, vindo de muito longe. O globo do sol tornou-se menor. Em Plaeneste, lâmpadas cintilantes no céu. Em Arpia, um escudo no céu...

Navios fantasmas apareceram no céu". (Tito Livio, História Romana, livros XXI e XXII).

214 a.C. "Em Hadra, um altar (plataforma) foi visto no céu, e junto a ele formas de um homem em vestimentas brancas." (Tito Livio, História Romana, livro XXI).

122 a.C. "Na Galia foram vistos três sóis e três luas." Julius Obasequens, Prodigiorum, cap. 114).

91 a.C. "Perto de Espoletium, uma esfera da cor de ouro rolou até o solo, aumentou de tamanho, parecendo em seguida deslocar-se acima do solo em direção a Leste, e tornou-se grande a ponto de cobrir o sol." (Julius Obasequens, Prodigiorum, cap. 114)... 

domingo, 24 de março de 2013

Meteoro ilumina os céus do leste dos EUA




Mais um meteoro cruzou os céus de nosso humilde planeta. Segundo o site terra (Onde é possível ver o vídeo da bola de fogo cruzando o céu clicando aqui) O espetáculo foi visto em pelo menos 3 estados norte-americanos, Washington D.C e duas províncias canadenses.
A Sociedade descreve uma bola de fogo como um meteoro mais brilhante do que Vênus, e Lunsford afirmou que elas podem ser até mais luminosas do que o sol, como foi o caso do que cruzou e explodiu sobre a Rússia no dia 15 de fevereiro.
A provável trajetória da bola de fogo mostrou que ela partiu de leste, da Pensilvânia, passando por Nova Jersey e ao sul da cidade de Nova York, dirigindo-se em seguida para o Oceano Atlântico, de acordo com os relatos colhidos.
Oque está ocorrendo com "nosso" céu? estamos tendo alta incidência e relatos de meteoros ultimamente, mesmo considerando que esses eventos são comuns, porém, esse ano estamos no auge. Poderia isso ser causado pela aproximação do lendário Nibiru? Ou seria algo ainda mais misterioso?  Vamos esperar, e torcer para não ser nada.

Por David Mattos, Portal Atlantis.

quinta-feira, 21 de março de 2013

NASA diz que voyager ainda não deixou nosso sistema solar


As sondas espaciais Voyager 1 e 2 estão no espaço desde 1977 e viajaram, somadas, 33 bilhões de quilômetros Foto: Nasa / Divulgação

A possibilidade de que a sonda Voyager-1 tenha deixado o sistema solar, como chegou a ser divulgado, passou a ser questionada, após a Nasa (Agência Espacial Americana), que controla a sonda, ter discordado da opinião de cientistas. Para a Nasa, a Voyager ainda permanece no sistema solar, apesar de pesquisadores terem afirmado que a sonda já estaria fora da influência do Sol.
Lançada em 1977, a sonda foi criada inicialmente para estudar os planetas mais afastados da Terra, mas continuou viajando pelo espaço. Calcula-se que a região interestelar esteja a mais de 18 bilhões de quilômetros da Terra, ou 123 vezes a distância entre nosso planeta e o Sol. Atualmente, as mensagens de rádio da Voyager-1 levam 16 horas para chegar ao nosso planeta.
A Voyager-1 caminha para se aproximar de uma estrela chamada AC +793888, mas só chegará a dois anos luz de distância da estrela - e levará cerca de 40 mil anos para fazê-lo. Na terça-feira, a União Geofísica Americana confirmou que a sonda teria deixado a heliosfera - a bolha de gás e campos magnéticos que têm origem no Sol.
A Voyager-1 vinha monitorando mudanças no ambiente ao seu redor que sugeriam a proximidade da fronteira do Sistema Solar - a chamada heliopausa. A sonda havia detectado um aumento no número de partículas de raios cósmicos vindo do espaço interestelar em sua direção e, ao mesmo tempo, um declínio da intensidade de partículas energéticas vindo do Sol.
Uma grande mudança, que os cientistas chamaram de "heliopenhasco", aconteceu em 25 de agosto de 2012. "Em poucos dias, a intensidade heliosférica da radiação caiu e a intensidade de raios cósmicos subiu, como era de se esperar quando se sai da heliosfera", explicou o professor Bill Webber da Universidade Estadual do Novo México, em Las Cruces. A Voyager-1 foi lançada em 5 de setembro de 1977 e sua "sonda irmã", a Voyager-2, em agosto do mesmo ano.
O objetivo inicial das duas sondas era investigar os planetas Júpiter, Saturno, Urano e Netuno - tarefa que completaram em 1989. Em seguida, elas foram enviadas para mais além no espaço, na direção do centro da Via Láctea. No entanto, suas fontes de energia, feitas de plutônio, devem parar de produzir eletricidade em cerca de 10 a 15 anos, quando seus instrumentos e transmissores irão parar de funcionar.
As Voyagers se tornarão "embaixadores silenciosos" da Terra enquanto se movem pela galáxia. Ambas transportam discos de cobre banhados a ouro com gravações de saudações em 60 línguas, amostras de música de diferentes culturas e épocas, sons naturais da Terra e outros sons produzidos pelo homem.

conheça a história da primeira queda de um ovni documentada


Suposto segurança alienígena de Obama é apenas ilusão de ótica


seguranca_obama















Vídeo mostra que um dos seguranças do presidente dos Estados Unidos é, na verdade, um alienígena que não conseguiu se disfarçar no meio da multidão. Será?
A filmagem não é nova, foi feita durante uma visita de Barack Obama à Israel – em 2012 – e só agora é que começou a pipocar na web.
O vídeo mostra um trecho onde o presidente sobe ao púlpito para discursar em frente à plateia quando o cinegrafista filma, bem ao fundo, uma figura enigmática de um ser que mais se parece com um daqueles ETs que vemos em filmes de ficção científica!
Será que um dos seguranças de Barack Obama é um reptiliano?


Um dos primeiros blogs a levantar essa questão foi o 2012TheBigPicture, no dia 15 de março de 2013. A partir de então, muitos blogs e fóruns de discussão começaram a especular que o guarda-costas, na verdade, se descuidou de sua aparência e sua camuflagem humana sumiu, deixando à mostra sua verdadeira identidade!
Assista ao filme abaixo e depois veja o que descobrimos:



Como você já deve ter imaginado, a história é farsa!
O vídeo, aparentemente, não teve nenhuma manipulação digital. Trata-se de apenas de uma ilusão causada pela pouca iluminação aliada à falta de resolução do filme e ao foco na cena.
Especialistas em filmagem e edição digital, como o usuário do YouTube spektre1 explicam que sistemas de vídeo mais modernos possuem filtros de suavização automática embutidos. Isso serve para remover o ruído da imagem digital e demais ruídos produzidos por compressão. No entanto, isso também pode causar áreas de alto contraste onde os filtros fazem a transição entre a luz e a área escura.


O fato é que:

  1. O ponto onde estava o segurança não era o foco da câmera no momento
  2. O local onde estava o guarda-costas não estava bem iluminado
  3. O espectador já vai assistir ao vídeo predisposto a ver um ET
  4. Com tantas pessoas na plateia, nenhuma notou o alienígena ali, na hora?
  5. O segurança é, de fato, feio de dar medo

No vídeo a seguir com uma melhor resolução, podemos ver o segurança ao fundo (aos 0m37s)


E aqui, o “reptiliano” em outro ângulo:


Seguranças alienígenas


Essa não é a primeira vez que Barack Obama é escoltado por seguranças de outros planetas. Esse vídeo, de 2011, já mostra um sujeito careca e com queixo avantajado, ajudando na segurança do político. Comentários comparavam o homem a ETs:
Parece que já vimos esse cara antes? Seria o mesmo dos vídeos lá do começo desse artigo?
Aliás, conforme foi muito bem observado no Fórum Project Avalon, Obama possui muitos seguranças carecas! Todos com caras de poucos amigos:
seguranca_obama1
seguranca_obama2
seguranca_obama3
seguranca_obama4

quarta-feira, 20 de março de 2013

Conheça os Nefilins


Para quem nunca ouviu falar, os Nefilins são gigantes que co-habitaram a Terra nos tempos passados. Eu falo co-habitaram, pois eles eram exceções, pois se diferenciavam dos outros "homens comuns" que viveram nessa mesma época.

Apesar da mais comum tradução da bíblia os tratarem apenas como “gigantes” e não reservarem uma área exclusiva sobre este povo curioso, existem indícios de civilizações antigas (sumérios) que registraram a presença de seres enormes, inteligentes, superiores e o mais aterrorizante: possivelmente extra-terrenos.

Os Nefilins mediam mais de 3 metros. Na verdade alguns historiadores chegam a dizer que os filhos dos Nefilins com humanas (ou seja, híbridos) é que mediam cerca de 3 metros, pois os “sangue-puro” chegavam a medir muito mais que isso. Para corroborar esta afirmação, foi anunciado uma descoberta chocante (veracidade ainda questionável): foram encontrados fósseis humanos de proporções absurdas e em sua maioria tinham 24 dedos. Mediante as bizarrices destes seres, ter 24 dedos não é nada. Mas o que mais chama a atenção é o tamanho, já que a bizarrice genética dos pés e mãos com seis dedos é algo que existe até hoje.

Até aí tudo bem, é até bem aceitável. Se nossa civilização passa horas de frente a TV assistindo a Discovery Channel falar de dinossauros que viveram na terra há tanto tempo atrás, e que hoje só tem os ossos para contar a história, por que não aceitar homens da antiguidade enormes também? É válido ressaltar que existe uma corrente de pensadores que afirmam que os Nefilins chegaram a co-habitar com os dinossauros, após serem encontradas pegadas de dinossauros sobrepostas a pegadas humanas de (nada mais nada menos que) mais de 54cm.
Na verdade o estranho e bizarro nisto tudo é que a palavra Nefilim vem do hebraico, e significa “Aqueles que caíram do céu” o que encaixa perfeitamente com a descrição suméria dos Anunnakis, seres extra-terrenos que desciam à Terra, tomavam as mulheres como parceiras sexuais, tomavam os homens como escravos e “ensinavam” a esse povo antigo coisas mil: engenharia, astronomia, astrologia, magia, medicina...

Se você é igual a mim e gosta sempre de procurar na Bíblia respaldos para a aceitação ou condenação de determinado ‘fato histórico’, posso te dar no mínimo 8 passagens bíblicas onde existem citações sobre um povo de enorme estatura que viviam na região mesopotâmia, terra que foi chamada pelo Senhor de Terra Prometida ou anteriormente, de Hebrom. Nessas passagens (a baixo transcritas) referem-se aos precussores dos Gigantes, os Gigantes e aos filhos destes gigantes - possíveis seres híbridos. São os termos:
Anaquins - ou filhos de Anaque/Enaque;
Emins - que já deve ser uma casta híbrida;
Refains Gigantes;
Filhos de Gigantes - provavelmente último nível dos híbridos, seres bem menores que seus precursores Anaquins, porém ainda bem maiores que os humanos.


Veja as passagens da bíblia em que esses seres são citados:

"Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama." Gênesis 6.4

"Os emins dantes habitaram nela; um povo grande e numeroso, e alto como os gigantes; Também estes foram considerados gigantes como os anaquins; e os moabitas os chamavam emins." Deuteronômio 2.10-11

"Porque só Ogue, o rei de Basã, restou dos gigantes; eis que o seu leito, um leito de ferro, não está porventura em Rabá dos filhos de Amom? De nove côvados [4m], o seu comprimento, e de quatro côvados [1.78m], a sua largura, pelo côvado comum." Deuteronômio 3.11

"Também vimos ali gigantes, filhos de Enaque, descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos, e assim também éramos aos seus olhos." Números 13.33

"Nenhum dos anaquins foi deixado na terra dos filhos de Israel; somente ficaram alguns em Gaza, em Gate, e em Asdode." Josué 11.22

"E antes o nome de Hebrom era Quiriate-Arba, porque Arba foi o maior homem entre os anaquins. E a terra repousou da guerra." Josué 14.15

"Então saiu do arraial dos filisteus um homem guerreiro, cujo nome era Golias, de Gate, que tinha de altura seis côvados e um palmo [2,89 metros]." 1 Samuel 17.4

"E houve ainda outra guerra em Gate; onde havia um homem de grande estatura, e tinha vinte e quatro dedos, seis em cada mão, e seis em cada pé, e que também era filho do gigante." 1 Crônicas 20.6

Por David Mattos, Portal Atlantis