domingo, 21 de abril de 2013

Congresso em SC irá reunir pessoas que alegam terem sido Abduzidas por Extraterrestres


Um dos convidades, Travis Walton, teve seu relato transformado em filme: Fogo no Céu Foto: Reprodução
Florianópolis vai receber “abduzidos” e testemunhas de existência de ETs em um congresso marcado para o próximo mês de junho.
O Fórum Internacional dos Contatados, primeiro do gênero realizado no Brasil e promovido pela revista UFO, reunirá pessoas que afirmam ter mantido contato com seres extraterrestres, bem como pesquisadores que investigam o tema, de 14 a 16 de junho no Hotel Sesc Cacupé.
Entre os convidados, destaca-se o americano Travis Walton, um dos exemplos mais divulgados sobre contatos com ETs. Ele ficou conhecido na década de 70, quando teria sido abduzido por um óvni na Floresta Nacional de Apache-Sitgreaves, no Estado do Arizona. O caso foi testemunhado por colegas de trabalho. Por cinco dias, ele teria permanecido em companhia dos extraterrestres. Em Florianópolis, Walton vai contar como foi a experiência de estar ao lado de alienígenas. O relato de Walton foi adaptado ao cinema no filme Fogo no Céu.
De acordo com o professor Ademar José Gevaerd, um dos organizadores do fórum, outro destaque será o italiano Antonio Urzi, responsável por várias filmages de óvnis. Residente em Milão, ele supostamente registraria os discos voadores a partir do terraço de sua residência.
"O evento é das três categorias de pessoas: contatados, testemunhas e abduzidos, além de pesquisadores, e entre estes eu destacaria o também norte-americano David Jacobs", afirma Gevaerd ressaltando a importância de um encontro dessa natureza para a ufologia brasileira.

"Vamos iniciar uma série de eventos com um formato inédito no Brasil, em que contatados, testemunhas e abduzidos falarão abertamente de suas experiências ao público, sendo amparados neste processo pela presença dos pesquisadores que investigaram os seus e outros casos semelhantes. Ou seja, teremos os testemunhos de quem esteve frente a frente com ETs e UFOs e a comprovação dos casos pela investigação."
E pra quem quiser, as inscrições já estão abertas no site: www.contatados.com.br

sábado, 20 de abril de 2013

Documentos secretos sobre Ovnis serão liberados em Junho, diz Ministério da defesa


Matéria retirada do site G1:
Reunião no Ministério da Defesa entre militares e integrantes de comissões de ufólogos (Foto: Divulgação / Ministério da Defesa)
O Ministério da Defesa vai liberar para consulta pública em junho documentos classificados como "secretos" ou "ultrasecretos" que envolvem Objetos Voadores Não Identificados (Ovnis), informou ao G1 o coronel Alexandre Spengler, coordenador do Serviço de Informação ao Cidadão da pasta.
Segundo ele, entre os documentos que serão disponibilizados estão os da Operação Prato, da Força Aérea Brasileira, classificados como "ultrassecretos". A operação, realizada entre 1977 e 1978, verificou a ocorrência de luzes na região da cidade de Colares, no Pará. Entre os documentos, há relatos de pilotos da FAB sobre as luzes e fotos de radar.
A decisão de divulgar os documentos foi tomada após reunião realizada nesta quinta-feira (18) entre a representantes do Ministério da Defesa e integrantes da Comissão Brasileira de Ufólogos. “É a primeira vez que um Ministério da Defesa de um país senta-se à mesa com ufólogos”, afirmou Ademar Gevaerd, presidente da Comissão Brasileira de Ufólogos.
Segundo Gevaerd, cerca de mil pessoas da região de Colares foram afetadas pelas luzes, das quais 400 tiveram que passar por tratamento e quatro morreram.
“Se efetivamente, a Defesa entregar todos os seus arquivos, nós vamos ter ainda mais subsídios para conhecer esse fenômeno e mostrar à sociedade o que aconteceu”, disse.
De acordo com o coronel Alexandre Spengler, desde a regulamentação da Lei de Acesso à Informação, em maio de 2012, a Defesa recebeu 107 pedidos de entidades ligadas à ufologia para a divulgação de documentos – 65 para a Força Aérea Brasileira, 26 para o Exército, nove para a Marinha, cinco para a adminisitração central do ministério e dois para a Escola Superior de Guerra.
Desses 107, 26 foram atendidos e o restante foi indeferido porque se alegou que já estavam disponíveis no Arquivo Nacional, porque não existiam ou porque eram considerados secretos.
A Lei de Acesso à Informação prevê que todos os órgãos revisem seus documentos secretos para verificar a possibilidade de abri-los até junho de 2014. “A Defesa vai se antecipar e abrir documentos secretos em junho deste ano”, disse Spengler.
Segundo o coronel, o Exército afirmou que não tem documentos sobre o evento conhecido como "ET de Varginha", em 1996 em Minas Gerais, porque se extraviaram ou foram destruídos, como é previsto em lei.
Por David Mattos, Portal Atlantis


quinta-feira, 18 de abril de 2013

Passagem só de ida para colonizar Marte? Empresa já recruta voluntários


Uma organização holandesa, a Mars One, informou que, em breve, abrirá inscrições para voluntários que quiserem colonizar o planeta Marte.
Mas há uma particularidade: a passagem será apenas de ida. Mesmo assim, a empresa já recebeu dados de milhares de possíveis candidatos a colonos.
Durante uma visita à BBC em Londres, o fundador da Mars One, Bas Lansdorp, explicou a razão de este ser um voo sem volta e quais características os candidatos precisam ter para serem escolhidos.
Segundo Lansdorp, os voluntários precisarão ser resistentes, flexíveis e engenhosos.
O projeto todo, desde a seleção dos candidatos até a viagem, vai ser transmitido em um programa de televisão, nos moldes de um reality show, como o Big Brother.
Os astronautas terão de enfrentar uma viagem que deve durar entre sete a oito meses e devem perder massa óssea e muscular.
Segundo Lansdorp, depois de passar um tempo vivendo no campo gravitacional bem mais fraco de Marte, será quase impossível se reajustar de volta à gravidade mais forte da Terra.
Os candidatos selecionados passarão por treinamento físico e psicológico. A equipe vai usar tecnologia já existente em todos os aspectos do projeto.
A energia será gerada por painéis solares, a água será reciclada e extraída do solo, os astronautas vão cultivar os alimentos que vão consumir e também contarão com suprimentos de emergência. A cada dois anos, novos exploradores vão se juntar ao grupo de colonos.
Ambiente hostil
Marte é um planeta varrido pelo vento solar. Na Terra, por outro lado, estamos protegidos do vento solar graças a um forte campo magnético. Sem ele, seria muito mais difícil sobreviver.

Apesar de Marte ter tido uma proteção parecida há cerca de 4 bilhões de anos, hoje, a maior parte da atmosfera do planeta se foi e não há mais um escudo protetor como este.
A superfície do planeta é extremamente hostil para a vida, segundo Veronica Bray, do Laboratório Planetário e Lunar da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos.
Bray, no entanto, encara o projeto holandês com ceticismo.
De acordo com a cientista, não há água líquida, a pressão atmosféria é "praticamente um vácuo", os níveis de radiação são mais altos e as temperaturas variam muito.
"A exposição à radiação é uma preocupação, especialmente durante a viagem. Isto pode levar ao aumento do risco de câncer, um sistema imunológico mais frágil e, possivelmente, infertilidade", afirmou.
Para minimizar a radiação, os responsáveis pelo projeto vão cobrir com vários metros de terra as cúpulas onde os colonos vão viver. Ela será cavada pelos próprios habitantes do local.
"Não tenho dúvidas de que podemos, fisicamente, colocar um humano em Marte. Se ele vai conseguir sobreviver durante um período maior de tempo, é muito mais duvidoso", acrescentou Bray.
Gerard't Hoof, embaixador do projeto e um dos ganhadores do prêmio Nobel em física teórica em 1999, admite que existem riscos para saúde ainda desconhecidos. Ele afirma que a radiação é "de uma natureza muito diferente" do que qualquer coisa que já tenha sido testada na Terra.
"Comunicaremos aos candidatos que há riscos, mas será nossa responsabilidade manter estes riscos em níveis aceitáveis", afirmou.
Desafio
O astronauta da Nasa Stan Love já enfrentou dificuldades tecnológicas na Estação Espacial Internacional.

Os aparelhos que reciclam o lixo humano e transformam "o café de ontem no café de amanhã precisam de manutenção constante e provavelmente não sobreviverão a anos de uso contínuo em Marte".
Love voltou recentemente da Antártida e comparou o ambiente gelado com Marte.
"É cheio de água, você pode sair e respirar ar. É um paraíso comparado a Marte e, mesmo assim, ninguém se mudou permanentemente para lá", afirmou.
No entanto, apesar de suas dúvidas em relação ao financiamento, riscos da radiação e tecnologia, Love aprova a iniciativa da Mars One.
Ele acredita que organizações particulares como esta podem ajudar na elaboração de novas tecnologias para ajudar em viagens futuras ao planeta vermelho.
"Sonhamos com isso há 50 anos. A Lua seria apenas um trampolim para Marte. Mas quando você estuda o problema, você percebe que é imensamente difícil", afirmou.
Alison Rigby, 32 anos, se candidatou, e afirma que o fato de ser uma viagem sem volta não é tão assustador.
"Uma passagem só de ida me assusta, mas não é o bastante para me fazer mudar de ideia. Uma vida bem-sucedida em Marte será o grande feito da minha vida e fico feliz de deixar minhas preocupações de lado na esperança de algo melhor", disse.
Dinheiro
Outro problema em relação ao projeto é o dinheiro. O custo para o envio do primeiro grupo é estimado em US$ 6 bilhões.

Chris Lintott, da Universidade de Oxford, afirma que o projeto é tecnologicamente plausível, mas ele não acredita que vai conseguir a verba necessária.
"Está relacionado à vontade política e à solidez financeira para fazer isto acontecer. E [isto] ninguém conseguiu resolver até agora", afirmou.
Mas, o fundador da Mars One acredita que é possível levantar o dinheiro e cita os direitos de transmissão das Olimpíadas de Londres.
"Este será o maior evento da humanidade. Em 15 anos as pessoas ainda estarão assistindo. Explorar nosso mundo e, agora [ir] além, é o que os humanos fazem, está em nosso genoma. O sonho dos colonos de ir para Marte se tornará realidade."
Ainda não se sabe se a missão vai alcançar o objetivo, mas a publicidade gerada pelo processo de seleção ao estilo do Big Brother deve gerar a audiência esperada.

breve aviso aos leitores do Portal Atlantis

Venho avisar vocês que o fato de eu não estar postando com tanta frequência no site se deve a eu estar trabalhando no meu novo livro. Por isso irei fazer uma postagem por dia (as vezes dia sim dia não) pois estarei bastante ocupado em meu projeto. Não irei deixar de trazer as novidades sobre ufologia aqui para vocês, só vou diminuir a frequência de postagens.

Agradeço a todos vocês leitores pela compreensão.

Não esquecem de nos visitar diariamente para ficar por dentro de tudo!
Não se esqueça também de se inscrever em nosso canal no Youtube clicando aqui.

Por David Mattos, Portal Atlantis.

planetas na Zona Habitável e similares a Terra continuam a ser encontrados


Cientistas descobriram dois planetas de tamanho similar à Terra e que ficam na chamada "zona habitável" ao redor de uma estrela. A descoberta, divulgada nesta quinta-feira em artigo na revista Science, pode ser uma das mais - ou a mais - importante do telescópio Kepler.
A zona habitável é aquela na qual o calor de uma estrela é suficiente para manter água em estado líquido e a presença de outros elementos necessários à vida como conhecemos, como dióxido de carbono e nitrogênio - ou seja, em situação similar à da Terra. Contudo, os cientistas alertam que isso não significa que o planeta é habitável - já que as condições dependem de diversos fatores, principalmente da composição da atmosfera.
O telescópio descobriu um sistema com cinco planetas que orbitam a estrela, chamada de Kepler-62. Suas massas variam de "meia-Terra" ao dobro daquela do nosso planeta. O "ano" desses corpos (ou seja, o tempo que demoram para dar uma volta ao redor de sua estrela) varia entre seis dias na Terra (o que indica um local muito próximo de seu sol e, portanto, muito quente) e nove meses - no planeta mais afastado descoberto, chamado de Kepler-62f. Este e o Kepler-62e são os dois que estão na zona habitável e eles têm 1,61 e 1,41 vez o tamanho da Terra, respectivamente.
O observatório espacial já vasculhou mais de 100 mil estrelas e descobriu diversos planetas - mais de 100 com tamanho inferior à nossa Lua. O telescópio já encontrou outros planetas em zonas habitáveis antes, mas, segundo a Science, não se sabe o tamanho deles, apenas sua massa mínima.
Para a pesquisadora Sara Seager, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), a descoberta é importante, mas a missão "não diz 'é habitável, vamos lá ver'. As estrelas do Kepler são muito fracas; a quantidade de informação será muito pequena para demonstrar habitabilidade."
Segundo a Science, para caracterizar exoplanetas potencialmente habitáveis, os astrônomos precisam de estrelas mais próximas e mais brilhantes. O Satélite de Pesquisa de Trânsito de Exoplanetas (Tess, na sigla em inglês), aprovado neste mês pela Nasa - a agência espacial americana - e programado para ser lançado em 2017, pode encontrar esses sistemas mais brilhantes. 
Essas descobertas só nos dão mais certeza da existência de vida em outros planetas.
Por David Mattos, Portal Atlantis

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Veja de que forma a NASA planeja capturar asteróides



Proposta da NASA orçamento FY2014 inclui um plano para capturar roboticamente um asteróide próximo à Terra pequena e redirecioná-lo com segurança para uma órbita estável lunar onde os astronautas podem visitar e explorar.
A missão proposta combinar os esforços de três direções: missão da NASA a exploração humana e Operações, da Ciência e Tecnologia Espacial. Veja abaixo o vídeo de como eles irão capturar estes asteróides,


Por David Mattos, Portal Atlantis

Erich Von Daniken no Programa do Jô e suas conferências no Brasil neste mês












Há alguns dias atrás o grande escritor e pesquisador Erick Von Daniken foi entrevistado no programa do jô.  Quem não viu a intrevista pode ver clicando aqui

Eu particularmente fico muito feliz de saber que no Brasil temos espaço para Gênios.

Daniken está no brasil para uma série de Conferências onde mostrará coisas impressionantes e nunca antes vistas sobre o Egito antigo.

Eu tive a grande felicidade de participar de uma de suas conferências em minha cidade ( Porto Alegre - RS ) que aconteceu no dia 9 de abril e fiquei impressionado. Ele permanecerá no Brasil até o dia 25 deste mês.

Por David Mattos, Portal Atlantis.

sábado, 13 de abril de 2013

Cidade antiga emerge aos poucos da areia do deserto


Imagem de 2004 mostra a cidade antiga de Gonur-Tepe Foto: AFP
A cidade antiga de Gonur-Tepe, descoberta na época da União Soviética, continua revelando os mistérios enterrados durante milênios sob as areias do deserto turcomano de Karakum. A uma centena de quilômetros da cidade de Mary, as ruínas de Gonur-Tepe dão testemunho do rico patrimônio arqueológico do Turcomenistão, um dos países mais fechados do mundo.
As ruínas se estendem por 30 hectares, em um vasto labirinto cercado de altas muralhas. Dois mil anos antes de Cristo, Gonur-Tepe abrigava um dos povos mais avançados da Idade do Bronze e ao mesmo tempo, um dos mais misteriosos.
A cidade, que seria povoada por milhares de habitantes, era o eixo de uma rede de cidades no delta do rio Murgab, que nasce no Afeganistão e cruza o Turcomenistão. Coberta de areia e erva daninha, a cidade foi descoberta há mais de 60 anos pelo célebre arqueólogo soviético Viktor Sarianidi, atualmente com 84 anos.
Em cada escavação, os arqueólogos encontram novos objetos de alta qualidade. Seus artesãos eram capazes de moldam o metal, fabricar em prata e ouro e esculpir em osso e pedra.
"Este ano, Gonur nos reservou uma nova surpresa, um esplêndido mosaico", comemora uma arqueóloga da equipe, Nadejda Dubova. A cidade, explica, data de um período anterior ao da fabricação dos mosaicos pela civilização grega e a romana.
"É surpreendente ver até que ponto esta gente possuía técnicas avançadas. Os mestres aprenderam a trabalhar a pedra natural a uma temperatura alta para que ficasse fácil e em seguida a aqueciam de novo para que se conservasse por mais tempo", explicou.
Merv, a 30 km de Mary, é outra cidade da região que põe em manifesto o grande avanço dos povos da época. Construída na época do império persa aquemênida, Merv caiu em desgraça após ser saqueada pelos mongóis em 1221.
Mas diferente de Gonur-Tepe, Merv foi descoberta na época dos czares, quando o Turcomenistão era uma retaguarda longínqua do Império russo. A cidade integra o patrimônio mundial da Unesco desde 1999. O mausoléu do sultão Sandjar é um de seus principais tesouros, com sua cúpula de 17 metros de diâmetro.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Segundo cientistas, curiosity não deverá encontrar vestígios de vida em marte

O robô da Nasa pousou em Marte no mês de agosto de 2012 Foto: Nasa / Divulgação

O robô Curiosity da Nasa abriu o caminho para demonstrar que Marte e a Terra já foram iguais, mas será muito difícil que esta missão dê o grande salto de encontrar vestígios de vida no planeta vermelho, afirmou Javier Gómez-Elvira, diretor do Centro de Astrobiologia (CAB) da Espanha.
"O objetivo do Curiosity é saber se Marte foi parecido com a Terra no princípio (de sua evolução)", explicou o cientista à Agência EFE em Viena, durante sua participação na Assembleia-Geral da União Europeia de Geociências, que termina nesta sexta-feira.

Depois do discurso em uma apresentação dos últimos dados coletados pelo veículo explorador Curiosity, Gómez-Elvira disse que essas semelhanças, como a presença de uma atmosfera apta para a vida ou a presença de água na superfície, levam a acreditar que poderia ter havido vida em Marte.
Assim, o planeta vermelho seria "outro bom candidato para ver se o que aconteceu na Terra pode acontecer em outro ponto do Sistema Solar".
No entanto, para o chefe do CAB, um centro misto do Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial (Inta) e do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) não é provável que a missão do Curiosity dê maiores surpresas nesse sentido.
"Seria uma casualidade muito grande se houvesse esse salto", entre outras coisas porque "ele também não possui instrumentos" para isso, explicou. Assim, o Curiosity fica encarregado de dizer se "Marte e a Terra foram parecidos".
"Espera-se que o próximo "rover", que a Nasa vai enviar, em 2020, dê um passo além e tente buscar vestígios de vida", disse, confiante, Gómez-Elvira. Para essa missão de 2020, o CAB apresentou o Solid, um instrumento mais focado à detecção de vida microbiana e que espera que seja aceito pela Nasa.
Em relação às últimas análises realizadas pelo Curiosity na atmosfera de Marte, Sushil Atreya, da Universidade de Michigan, indicou, em entrevista coletiva, que ela apresenta mais evidências de que há milhões de anos foi muito mais grossa e rica e tinha as condições perfeitas para um mundo habitável. Em um processo que durou cerca de 4 bilhões de anos, Marte perdeu entre 85% e 95% de seu volume, afirmou.
O Curiosity chegou a Marte em agosto de 2012 para investigar a história meio ambiental na cratera de Gale, onde se acredita que um dia já houve as condições apropriadas para a existência de vida microbiana.
A Assembleia-Geral da União Europeia de Geociências reunirá até o dia 12 de abril cerca de 10 mil participantes que debaterão os mais variados assuntos como a mudança climática e seus custos, as últimas descobertas relacionadas a recursos naturais ou possíveis avanços no prognóstico de terremotos.
Um dos campos da atualidade que se tratarão é o do polêmico "fracking", ou fratura hidráulica, pelo crescente desenvolvimento dessa tecnologia para explorar o gás de xisto. 

Empresário Iraniano diz ter inventado a "Primeira" máquina do tempo


Iraniano alega ter dominado o tempo com uma máquina que permite seu usuário ir até oito anos no futuro.
Ali Razeghi, um cientista e empresário de Teerã, registrou com o Centro para Invenções Estratégicas, a “Máquina de Viagem no Tempo de Aryayek”.
O aparelho pode prever o futuro em uma impressão no papel, após fazer leituras a partir de um toque de um usuário, disse ele para agência de notícias de seu país.
Razeghi, que tem 27 anos, disse que o aparelho funciona através de um conjunto de algoritmos complexos para “prever de cinco a oito anos no futuro da vida do indivíduo, com 98 por centro de precisão”.
Como diretor  do Centro para Invenções Estratégicas do Irã, Razeghi é um inventor em série, com 179 outras invenções registradas sob seu próprio nome. “Eu tenho trabalhado neste projeto pelos últimos 10 anos“, disse ele.  “Minha invenção é do tamanho de um computador pessoal e pode prever detalhes dos próximos 5 a 8 anos da vida de seu usuário.  Ela não o levará ao futuro; ele irá trazer o futuro até você“.
O empresário diz que o governo do Irã pode prever a possibilidade de um confronto militar com um outro país, e projetar a flutuação do valor das moedas estrangeiras e do preço do petróleo, usando sua nova invenção.
“Naturalmente, um governo que pudesse ver cinco anos no futuro seria capaz de se preparar para os desafios que poderiam o desestabilizar“, disse ele. “Como tal, esperamos comercializar a invenção entre os estados, bem como os indivíduos, uma vez que alcançarmos o estágio de produção em massa.”
Razeghi disse que seu projeto mais recente tem sido criticado por amigos e parentes, devido ao fato dele estar “tentando fazer o trabalho de Deus” para com as vidas ordinárias e a história.  “Este projeto não é de forma alguma contra os valores religiosos.  Os estadunidenses estão tentando fabricar esta invenção gastando milhões de dólares, onde eu já a inventei por uma fração do custo“, disse ele.  “A razão por não estarmos lançando nosso protótipo nesta fase é porque os chineses irão roubar a idéia e produzir milhões delas da noite para o dia.”

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Nova série do history falará de Extraterrestres


Petróglifos, gravuras, testemunhos, fotografias, vídeos e relatórios militares. Voos comerciais em que não apenas o piloto, mas todos os passageiros viveram uma experiência semelhante. Falsificações, alucinações e registos de radares de aeroporto não sujeitos à objetividade do observador.
Acontecimentos não esclarecidos que marcaram o decorrer da História e que hoje nos propõem novas interpretações.
Quando se estuda a fundo o avistamento de um OVNI, normalmente, acaba por se aceitar que se tratava de um cometa, um balão meteorológico, um fenômeno atmosférico, um protótipo militar ou simplesmente imaginação popular.
Mas nem sempre.
"Extraterrestres?" convida-nos para uma análise histórica, em Portugal e Espanha, e para uma busca de provas conclusivas sobre a natureza deste fenômeno. Uma busca onde tanto crentes como céticos podem participar, uma vez que existem mais de 700 casos sem explicação documentados na península.
Mistério desde o Passado
Em 1947, Kenneth Arnold declara ter visto nove aeronaves estranhas em formação. 16 dias mais tarde, acontece em Roswell o mais famoso caso relacionado com uma possível visita extraterrestre ao nosso planeta.
A "Era dos Discos Voadores" pode ter tido início em 1947, mas o fenômeno dos OVNIs e a possível presença alienígena tem-nos acompanhado desde o princípio dos tempos.
Na península ibérica, em 1936, durante a guerra civil espanhola, encontramos uma série de casos demasiado próximos de um fenômeno que ainda não tinha nome.
Informação Secreta
A Espanha tornou públicos, entre 1992 e 1997, um total de 75 relatórios sobre estranhos avistamentos registrados a partir de 1962. Esses relatórios formam o ponto de partida da investigação.
Provas
Todos os escritos das religiões antigas fazem referência a várias divindades, deuses, anjos ou demônios provenientes dos céus. Estiveram presentes no dia da criação e acompanharam-nos durante longos períodos da nossa evolução. Mas se assim foi, terão deixado algum rastro?
Pontos de vista diferentes dentro da arqueologia e da paleontologia poderiam mostrar-nos os restos daqueles gigantes a que a Bíblia chamou de "Elohim". Mas essas não são as únicas provas.
Em Évora, recolheram-se amostras do denominado "Cabelo de Anjo": uma substância pegajosa que costuma ser encontrada depois da aparição de objetos voadores não identificáveis.
As análises apontam para uma composição de magnésio, cálcio, oxigénio e um microrganismo vivo, não originário do nosso planeta.
Tripulantes
Perseguições, voos impossíveis, aviões comerciais obrigados a aterrissar em emergência. Apesar de os encontros com OVNIs serem muito numerosos, continuam a ser um tabu entre os profissionais da aviação.
Mas, muito antes de o ser humano ser capaz de voar, já na pré-história os nossos antepassados conseguiram deixar-nos pistas talhadas em pedra sobre a procedência desses artefactos.
Inevitavelmente, a pergunta que todos fazemos é: quem opera esses objetos voadores?
"Extraterrestres?" estreia domingo 21 de abril, às 23h40 no canal History Channel, em Portugal.

terça-feira, 9 de abril de 2013

Audiência para revelação extraterrestre, será que chegou a hora?



Será que O dia da revelação pública da presença extraterrestre finalmente chegou? Não sei, mas sei que isso dará uma força tremenda...

De 29 de abril até 3 de maio, acontecerá em Washington a Audiência Global para a Revelação ao Público do fenômeno extraterrestre.



Um evento de implicações históricas, acontecerá no National Press Club de Washington, DC, de 29 de Abril até 3 de Maio de 2013. Nada menos que 40 investigadores e membros de agências militares, assim como testemunhas apresentarão publicamente seu testemunho durante 30 horas ao longo de cinco dias. A apresentação das testemunhas se dirigirá aos membros do Congresso dos Estados Unidos da América em um evento sem precedentes históricos.

A Iniciativa de Audiência Global Cidadã sobre a presença extraterrestre, tem um lema associado: “Se o Congresso não faz este trabalho, o povo o fará”, como podemos comprovar na página web do Evento Global que acontecerá nos próximos dias.

O evento será retransmitido em Inglês, Espanhol, Chinês, Hindi, Japonês e Árabe, para que possa chegar a quase todos os habitantes do planeta.

Adicionalmente, se realizará um documentário com os conteúdos do evento para sua posterior retransmissão global, que terá como título: “Truth Embargo” (“O embargo da verdade”).

Para mais informações, podem consultar a página web informativa da Iniciativa Global:

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Dr. Greer irá lançar em breve seu documentário entitulado "Sirius"

alien greer



De acordo com o Dr. Greer, o intuito deste documentário, que fala sobre OVNIs, extraterrestres e formas tecnologicamente avançadas de geração de energia limpa, é o de fornecer evidências de que o governo dos EUA descobriu como operar os OVNIs (naves alienígenas) e estão escondendo essa tecnologia avançada a qual poderá fornecer energia limpa.  O filme também mostra a descoberta de uma alegado corpo humanóide, cujo DNA foi feito o sequenciamento e descoberto que se trata de uma “classificação desconhecida”.  Mais fotos desse ser foram liberadas ontem, junto com o anúncio de uma pré estréia do filme em Hollywood, no final deste mês.
Para quem não lembra, em maio de 2001 o Dr Greer foi responsável por reunir um painel de testemunhas altamente creditáveis, que relataram suas experiências sobre a existência da visitação alienígena na Terra, na frente de representantes de vários canais de imprensa .
O filme foi dirigido por Amardeep Kaleka, um ganhador do Prêmio Emmy em 2011 pelo seu filme de curta metragem ‘Jacob’s Turn‘.Uma das mais chocantes alegações colocadas neste filme documentário é a de que eles obtiveram “evidências físicas capazes de mudar o paradigma, de uma criatura humanóide encontrada no Deserto do Atacama, que foi cientificamente analisada, feito o sequenciamento de seu DNA e descoberto se tratar de uma classificação desconhecida“.  De acordo com os produtores do filme, as credenciais do grupo de cientistas e da equipe médica por detrás desta declaração são “surpreendentes“.  Eles acreditam que o anúncio desta descoberta poderá ser “potencialmente profunda e histórica“.
O ator Thomas Jane irá narrar o filme documentário, que terá sua estréia em Hollywood no dia 22 de abril, e então será disponibilizado de forma limitada nos cinemas.  Sirius também será lançado em vídeo sob demanda na plataforma Yekra.
O financiamento do projeto foi obtido pela maior parte através de “crowd sourcing” no website Kickstarter, e de acordo com os produtores foi o “documentário com a maior arrecadação da história por intermédio de ‘crowd-funding‘”.
Assista o trailer:

Fonte e créditos para nosso parceiro Ovni Hoje!

Novas construções de 4 mil anos descobertas no Iraque



Arqueólogos britânicos afirmaram nesta quinta-feira ter encontrado um complexo de construções nas proximidades de onde se situava a antiga cidade de Ur, atual Iraque. De acordo com os especialistas, a estrutura de 4 mil anos provavelmente serviu como um centro administrativo de Ur, no mesmo período em que o personagem bíblico Abraão teria vivido no local.

O arqueólogo da Universidade de Manchester que liderou a escavação, Stuart Campbell, disse que a descoberta é de "tirar o fôlego". Segundo ele, descobertas desse tamanho – o complexo tem medida semelhante à de um campo de futebol - e tão antigas são muito raras.
Os objetos encontrados no local devem ajudar a esclarecer a história das civilizações que ocuparam a região na Antiguidade. Ur foi a última capital dos sumérios, civilização surgida há 5 mil anos no local conhecido como Mesopotâmia.
A descoberta, do tamanho de um campo de futebol, foi feita na antiga cidade de Ur, hoje Iraque Foto: AP
As escavações começaram no mês passado com seis arqueólogos britânicos e quatro pesquisadores iraquianos na província de Thi Qar, a cerca de 320 quilômetros ao sul de Bagdá.
Décadas de guerra e violência afastaram os pesquisadores do Iraque.

De acordo com o arqueólogo britânico, a missão só foi possível graças à relativa estabilidade no sul do país. O time de Campbell é o primeiro grupo de cientistas britânicos a fazer escavações no Iraque desde a década de 1980

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Cientistas anunciam primeiros sinais da matéria escura



Um projeto orçado em US$ 2 bilhões e realizado na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) está muito perto de explicar um dos maiores mistérios do universo. Uma equipe internacional de cientistas afirmou nesta quarta-feira que o detector de raios cósmicos encontrou o primeiro indício da matéria escura, algo que nunca foi observado diretamente.

Os cientistas do Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (Cern) apresentaram hoje os primeiros resultados das pesquisas com o Espectrômetro Magnético Alfa (AMS, na sigla em inglês), que está no espaço há dois anos. Os resultados apontam para a existência de um novo fenômeno na física que poderia ser classificado como a matéria desconhecida.
O Nobel de física Samuel Ting, que lidera a equipe do laboratório europeu localizado nas proximidades de Genebra, na Suíça, disse que espera uma resposta mais conclusiva nos próximos meses. O anúncio se baseia na descoberta de um excesso de pósitrons - partículas subatômicas com carga positiva, equivalentes ao elétron da matéria escura. Cerca de 400 mil pósitrons foram encontrados pelo AMS.
Matéria escura
A matéria escura não emite luz e não pode ser detectada por telescópios - é uma matéria invisível misteriosa que só pode ser detectada de modo indireto pela força gravitacional que exerce. Especialistas sugerem que ela é formada por partícula massivas que interagem fracamente (WIMPs, na sigla em inglês) - que praticamente nunca interagem com partículas normais de matéria. Acredita-se que essa substância constitui mais de 80% de toda a matéria do universo.
O excesso de pósitrons tem sido observado por mais de 20 anos, e sempre despertou interesse da comunidade científica. O AMS é o primeiro experimento a provar em detalhes a natureza desse excesso e classificá-lo como antimatéria, informou o físico Samuel Ting ao apresentar os resultados da descoberta.
Os cientistas afirmam que observaram muitos novos fenômenos nesse espectro de pósitrons. Em breve, garantem, a origem desse excesso será compreendida. A matéria escura é uma parte integrante das teorias que explicam como é que as galáxias se formam e evoluem.
Espectrômetro Magnético Alfa
O Espectrômetro Magnético Alfa permanecerá no espaço por duas décadas. Esse módulo chegou à ISS em 2011 como parte da última missão do ônibus espacial Endeavour. O espectrômetro mede partículas de raios cómicos no espaço em busca de pistas sobre a matéria escura e a antimatéria. Depois de detectar bilhões dessas partículas ao longo de um ano e meio, o experimento registrou um sinal que pode ser o resultado da matéria escura.
O experimento foi realizado no espaço depois que todas as tentativas de detecção de matéria escura em laboratórios na Terra falharam. Desde maio de 2011, o detector do espectrômetro já mediu 6,8 milhões de pósitrons e elétrons. 
Por David Mattos, Portal Atlantis

terça-feira, 2 de abril de 2013

Saiba mais sobre os Ovnis



"1.000 anos atrás o homem 
pensava que a terra era plana
500 anos atrás o homem
pensava que a terra era o centro
do universo
200 anos atrás o
homem pensava que era impossível
pedras cair do céu
100 anos atrás o homem
pensava que era impossível voar
50 anos atrás o homem
pensava que jamais colocaria
os pés na lua."

Ao longo da história humana temos relatos interessantes sobre Objetos Voadores Não Identificados – OVNIS:
Alexandre o Grande 329 a.C. Descreve ter visto Objetos Voadores
Cristovão Colombo 1.492 d.C. Viu Ovnis entrando e saindo das águas oceania.
Edmundo Harley 1.716 d.C. Estudioso que deu nome ao Cometa Harley, viu Ovnis
Em Fátima/Portugal 1.917 d.C. 50 mil pessoas relatam terem visto Ovnis
Claide Tombom 1.948 d.C. Descreve visão de Objetos Voadores

Paul Dodge 1.948 d.C. Avistou Ovnis em plena 2a Guerra Mundial
Esquadrão da Flórida 05/12/1945 14 pessoas nesta esquadra foram perseguidos por Ovnis sendo que 06 aeronaves desapareceram sem deixar vestígio algum

O próprio Ronald Reagan descreveu relatos em que presenciou a aparição de Ovnis.

PROJETO SET
Em 12/10/1992 – Foi estabelecido o maior Projeto de Busca de Inteligência Extra terrestre
Este projeto tem o tempo estimado para concluir suas pesquisas em 10 anos
Com um gasto previsto de US$ 100.000.000 (Cem Milhões de Dólares)
Objetivo da Pesquisa, descobrir se: “O Homem está só no Universo ?”

Existem 06 formas de Aparições e Contatos Extraterrestres
1o Grau – contato somente a nível da visão
2o Grau – além do contato visual, são detectadas marcas de queimado no chão, circuito elétrico
danificados, provas materiais além do contato visual
3o Grau – Confronto humanóide
4o Grau - Sequestro Involuntário
5o Grau - Contato pessoal metafísico oculto
6o Grau – Morte ou ferimentos por Ovnis

Existem relatos históricos que o povo egípcio tiveram contato com seres extra terrestres a 1.500 a.C., já em 1965 d.C foram constatados mais de 500 casos deste contatos imediatos, todos que relatam este contato em 3o Grau dissem ter observado um cheiro muito forte de enxofre. E em uma pesquisa feita na URSS afirma que estes seres não vem de outro planeta e sim que eles vivem em um mundo paralelamente ao nosso, sendo eles não físicos, porem real.

Os Ovnis segundo Pesquisadores e Escritores 

Whithey Strieber
Em seu livro Comunhão, foi sequestrado e diz que os seres extra terrestres são em geral baixos, carecas, olhos grandes, e tem um interesse voltado pela sexualidade humana, para a violência sexual, efetuam uma comunicação telepática, e tanto ele como muitos outros sequestrados tiveram distúrbios psicológicos seríssimos.
Dr. Leo Sprinke
Em Pesquisa com mais de 82 pessoas sequestradas por Ovnis, relatou que a maioria era capaz de reviver suas experiências, através da Hipnose e tiveram grandes problemas psicológicos, pois as pessoas afirmam manter contatos extra terrestres através da meditação e hipnose, tornando-se assim um transmissor de um espírito através de um ser humano.
David Hunter – Jornalista e Investigador que Escrever 18 livros sobre Extra terrestres
Ninguém sabe o que é hipnose, o que acontece com a mente, é um estado alternativo da mente, ela relaxa a comunicação entre o seu espírito e o seu cérebro e se o hipnotizador quiser que você pense ou implante memórias em sua mente. O cérebro é uma máquina que o espírito pode operar, o seu espírito opera o seu cérebro, é o mesmo estado alcançado na Ioga, Hipnose, Meditação transcendental, você relaxa a conexão normal entre seu espírito e o seu cérebro, isto permite que outros espíritos e outras entidades se interponham e comecem a admoestar seus neurônios em seu cérebro criando um universo de ilusão, eu acredito que isso é demoníaco.
Você pode hipnotizar uma pessoa literalmente, disser que há um gato no colo dela, e esta pessoa ouvir o ronronar, e você pede para o gato arranhar o rosto da pessoa e aparecem marcas de arranhões. O objeto não físico sob condições adequadas, pode deixar evidências físicas, acho que é demoníaco um poder espiritual para o qual não há explicação física ou química como nós conhecemos.
HIPNOTERAPEUTA = Transmissor, alguém que é capaz de entrar em transe e permitir que espíritos falem através dela, em um transe hipnótico Mary Elkies, foi Capaz de entrar em comunhão com Extra terrestre e trouxe a seguinte
Mensagem:
“Viemos da confederação interplanetária dos Sistemas Solares, e o nosso propósito é ajudar nosso irmão homem, para o início da Nova Era, o mestre que foi conhecido por vocês como Jesus, conseguiu usar muitas habilidades, mais do que as pessoas deste planeta, infelizmente o homem do planeta terra interpretou mal o significado da vida deste homem, ele não era diferente de nenhum de vocês, ele simplesmente era capaz de lembrar de alguns princípios e princípios podem ser compreendido por qualquer um a qualquer hora, é necessário que você se disponha para o nosso contato, a fim de começar a compreender de novo o que é de vocês por direito a verdade da criação e a verdade de sua posição nela “Vós não sabeis, que sedes Deuses”, ficamos intrigados as vezes pela incapacidade das pessoas em geral deste planeta dadas por esta simples verdade, achamos que o estado de hipnose trazido para a evolução do pensamento, é necessário que o homem mantenha uma conexão espiritual através da meditação. O homem está agora em um período transitório antes do amanhecer da Nova Era, com paz, amor, irmandade e compreensão por parte do homem ele verá uma grande Nova Era começar a surgir.
Livro: A Peregrinação do Disco Voador De: Bryant Reeves
“A partir de nossa análise os ensinos dos seres espaciais parecem apoiar os princípios da filosofia oriental pelos profetas do extremo oriente.”
Pesquisador Sobre Ovnis – John Weldon
“É impossível pensar que literalmente milhares de extra terrestres genuínos, voariam milhares de anos luz simplesmente para ensinar a filosofia da Nova Era, negando o Cristianismo, e apoiar o oculto. E, porque as entidades na verdade se apossam e habitam pessoas como fazem os demônios se forem realmente extra terrestres evoluídos.”
Dr. Pierre Gerar – Um cientista associado ao Conselho Nacional Francês de Pesquisas Científicas
Conclui:
“As condutas dos Ovnis é mais adequada a magia do que a física, como a conhecemos, e que os Ovnis e nautas modernos, e os demônios do passado são provavelmente idênticos.
Demônio na raiz grega significa conhecimento, estes demônios tem acesso ao conhecimento e informações negadas aos humanos comuns.”
John Keel - Renomado Pesquisador em Ovnis escreve que:
” Milhares de livros tem sido escrito sobre o assunto da demonologia e há um estudo antigo e erudito sobre monstros e demônios, as manifestações descritas nestas literaturas são idênticas aos fenômenos dos Ovnis. Vitimas de possessão demoníacas sofrem dos mesmos distúrbios médicos e emocionais das vítimas dos contatos com Ovnis. As pessoas sequestradas dizem ter sentido algo mal e demoníaco, algo que esta ali sondando as pessoas, inspecionando manipulando pondo algo em suas mentes e nos seus corpos.”
David Hunter – Jornalista investigador, escritor de 18 livros sobre Ovnis
“No Filme – Encontros Imediato de 3o Grau, a casa onde a mãe e o garotinho moram, os brinquedos começam a correr e os parafusos começam de soltar, o filme esta querendo dizer que as mesmas pessoas que dirigem os Ovnis, estão nas casas mal assombradas, e isso é absolutamente verdadeiro.”
1969 – Gráfica Oficial dos Estados Unidos da América – Lynn E. Catoe
Em 1969 foi publicado pela Gráfica Oficial dos Estados Unidos da América, uma publicação de 400 páginas sobre Ovnis e Assuntos Relacionados de autoria de Lynn E Catoe.
“Uma grande parte da literatura Ovnis, disponível esta ligada de perto ao misticismo e ao metafísico, trata-se de assuntos como telepatia mental, psicografia, misticismo, entidades invisíveis e fenômenos como manifestações de poltergaister e possessão. Muitos dos relatos de Ovnis que estão sendo publicado agora, na imprensa popular, contam sobre possíveis incidentes que são exatamente idênticos a possessão demoníaca e fenômenos psíquicos que são conhecidos a muito tempo pelos teólogos e parapsicólogos.
Este documento que foi compelido para a Força Aérea dos EUA, está agora na biblioteca do Congresso Nacional Americano.
Dr. Jacques Valluee – Autor do Livro “Confrontos” – livro que foi modelo para o filme Contatos Imediato do 3o Grau, autor de 08 livros e foi amplamente conhecido como o melhor investigador nas pesquisas Ovnis.
No Livro Mensageiros do Engano – Valluee diz:
“Um elo impressionante pode ser feito pelos ocupantes de um Ovni e a concepção popular de um demônio.”
No Livro “Confrontos” ele escreve:
“Os exames médicos a que os sequestrados são submetidos costumam acompanhar manipulação sexual sádica que lembra os contos medievais de encontro com demônios.”
“Eu acredito que quando falamos em aparições de Ovnis como visitas espaciais estamos considerando o fenômeno pelo nível errado, não estamos com ondas sucessivas de visitas do espaço, mas estamos lidando com um sistema de controle.”
E ele afirma:
“Os Ovnis são os meios através dos quais os conceitos do homem estão sendo reformulados eles estão se engajando em um empreendimento mundial de sedução subliminar .”
O devemos notar que Jacques Valluee era, pelo menos na época que escreveu o Livro um agnóstico, e o mais interessante é que ele chega as mesmas conclusões que David Hunter, chegou como Cristão, na pesquisa de David Hunter ele diz que os Ovnis são reais, mas não são físicos.
O Livro Mensageiros do Engano, é baseado em pesquisas de Jacques Vallue por cerca de 20 anos, e ele diz: Eles parecem estar nos preparando psicologicamente, nos armando uma fralde que é horrível demais até para o imaginário, e David Hunter, Cristão, concorda com a afirmação do agnóstico Jacques Valluee.

Obama anuncia projeto de US$ 100 milhões para mapear cérebro

Presidente americano Barack Obama anunciou hoje investimento de US$ 100 milhões em pesquisas sobre o cérebro Foto: Mandel NGAN / AFP

O presidente americano Barack Obama anunciou nesta terça-feira um projeto de US$ 100 milhões para mapear os mistérios do cérebro humano, tendo por objetivo buscar a cura para doenças como o mal de Alzheimer. "O computador mais poderoso do mundo não é tão intuitivo quanto o que temos desde que nascemos", afirmou Obama na Casa Branca.
"Há este mistério enorme esperando para ser desvendado. E a iniciativa Brain (cérebro, em inglês) irá mudar isso ao fornecer aos cientistas as ferramentas que eles precisam para ter uma imagem dinâmica do cérebro em ação", disse Obama.
A iniciativa, financiada com recursos do orçamento de Obama que será revelado na próxima semana, buscará encontrar novas formas de tratar, curar e prevenir doenças cerebrais como epilepsia e o mal de Alzheimer.
Os pesquisadores tentarão produzir imagens complexas do cérebro que mostrem como células individuais e circuitos neurais trabalham e interagem e examinar como o cérebro grava, utiliza e recupera grandes quantidades de informação.
A iniciativa Brain (Brain Research through Advancing Innovative Neurotechnologies) será levada adiante pelo Instituto Nacional de Saúde (NIH, em inglês), pela Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa e pela Fundação de Ciência Nacional.Obama foi apresentado como o "cientista-chefe" no evento da Casa Branca pelo diretor do NIH, Francis Collins, e sua administração não hesita em demonstrar que, apesar dos tempos de austeridade, os investimentos em ciência são essenciais. "Estou feliz por ter sido promovido a cientista-chefe. Levando-se em conta minhas notas em física, não sei se eu merecia", disse o presidente. "Mas dou à ciência a importância adequada, então talvez eu tenha algum crédito", completou.
O projeto surgiu a partir de uma reunião entre neurocientistas e nanocientistas realizada na capital londrina em setembro de 2011, a qual foi organizada por Miyoung Chun, bióloga molecular e vice-presidente de programas científicos da Fundação Kavli.
A fundação, segundo explicou Miyoung, defende a ideia de que os próximos descobertas científicas mais importantes provirão da pesquisa multidisciplinar.
Por David Mattos, Portal Atlantis